Se as tendências continuarem, podemos esperar que as mudanças climáticas afetem diretamente o suprimento de de água em diferentes maneiras em todo o mundo. Enquanto algumas áreas do planeta podem receber potencialmente uma quantidade incrível de água, em outras regiões, as secas podem dizimar áreas agriculturas que são extremamente produtivas hoje em dia.

Além do desequilíbrio hídrico, algumas áreas do mundo irão testemunhar uma mudança na precipitação. Nas regiões montanhosas afetadas pelo aumento das temperaturas, em vez de neve se acumulando nas montanhas, gradualmente se derretendo e fornecendo água para as comunidades ao longo do ano, a neve será substituída pela água, criando um acumulo excessivo de agua, gerando problemas de escoamento e patógenos que poluem a vegetação.

No entanto, o que os cientistas prevê-em que será um dos impactos mais severos que as mudanças climáticas terão sobre a água é o aumento previsto dos níveis do mar ao redor do globo. À medida que o nível do mar sobe, haverá um aumento de fluxo de água salgada em direção a riachos de água doce e aquíferos, o que colocará em risco a água potável existente no mundo. Não está claro qual o impacto que a mudança climática terá especificamente sobre as fontes de água subterrânea, mas o que sabemos, que a crescente competição pela água e o estresse na superfície provavelmente levarão a um uso maior desse recurso.

Tudo isso parece apontar para um futuro sombrio. No entanto, ainda há tempo para desacelerar esse processo. Mesmo que nosso país não esteja desempenhando um papel de liderança ao lidar com questões ambientais, devemos cada vez mais nos focar nesses assuntos.